All fields are required.

Close Appointment form

TRATAMENTO COM PIOLHOS

TRATAMENTO COM PIOLHOS
icon
TRATAMENTO COM PIOLHOS

1 Comentário

Recentemente li uma notícia publicada em um site: salões de beleza de Dubai estariam se valendo de uma nova técnica de tratamento capilar utilizando piolhos. Tal técnica traria benefícios ao couro cabeludo pois aumentaria o fluxo sanguíneo das pacientes melhorando a aparência dos fios e estimulando seu crescimento. Isso gerou uma correria aos salões de Dubai em busca da novidade, mas também críticas por parte das autoridades locais que ameaçaram punir tais estabelecimentos com pesadas multas uma vez que isso traria problemas à saúde pública.

Pode parecer piada, mas foi isso mesmo que aconteceu, gente!

Todos nós sabemos que a pediculose é considerada um sério problema de saúde pública pelas autoridades competentes. Ela é relatada desde os tempos mais remotos, como, por exemplo, a terceira praga de Moisés descrita na Bíblia, preocupando muita gente até os dias atuais.

No caso em questão, o parasita utilizado na terapia deve ter sido o Pediculus humanus capitis, piolho da cabeça que provoca coceira no couro cabeludo, principalmente na região atrás da orelha e na nuca. Isso se deve a reação das enzimas anticoagulantes e anestésico que o piolho injeta no local da picada, desta forma o seu hospedeiro não sente dor e o sangue não coagula no abdome do inseto. Devido a essa coceira o hospedeiro acaba abrindo feridas no couro cabeludo, o que é porta de entrada para infecções oportunistas bacterianas, tais como estafilocócicas, levando a um quadro de impetigo.

Diga-se de passagem, na Primeira Guerra Mundial o piolho foi a causa de morte de quase 20 mil soldados. Dentre as enfermidades transmitidas pelo piolho, podemos encontrar: Tifo Exantemático, cujo agente etiológico é um microorganismo do gênero Rickettsia e a Febre Recorrente ou Febre Recorrente Epidêmica, cujo agente etiológico é Borrelia recurrentis. A pediculose também pode levar a um quadro anêmico, devido a alta hematofagia realizada pelos piolhos, ou até mesmos a quadros de miíases, infestações provocada pela presença de larvas de moscas no local da picada.

Diante de todo o exposto, não pode ser levada a sério essa iniciativa de estabelecimentos de um local, que é considerado hoje um dos mais prósperos centros turísticos do planeta, cabendo às autoridades locais combaterem veementemente isso.

Fica o alerta para se tomar muito cuidado com certas “medicinas” alternativas que em nada contribuem para saúde humana. E se você tem um problema capilar, seja ele de qual ordem for, procure um especialista no assunto. É melhor do que ficar fazendo experiências que nada têm de científicas e que podem gerar sérios problemas à sua saúde.

Um abraço a todos e até a próxima!

Giovane Araújo

8
  • Compartilhe aqui

Posts relacionados

Um Comentário para “TRATAMENTO COM PIOLHOS”

  1. Muito bacana!

Enviar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *