All fields are required.

Close Appointment form

HIPOTIREOIDISMO E A QUEDA CAPILAR

  • Home
  • HIPOTIREOIDISMO E...
HIPOTIREOIDISMO E A QUEDA CAPILAR
icon
HIPOTIREOIDISMO E A QUEDA CAPILAR

Nenhum Comentário

“É comum verificar que pacientes que sofrem com problemas da tireoide de alguma forma perceberam mudanças na qualidade ou quantidade de seus cabelos, sendo o mais frequente causador de queda capilar o hipotireoidismo.

Problemas tireoidianos podem interferir em um conjunto de funções do corpo causando um vasto número de sinais e sintomas, mas os que mais chamam a atenção dos pacientes, além da queda capilar, são aqueles que estão relacionados ao ganho de peso ou dificuldade em eliminá-lo, falta de ânimo, fadiga, redução de libido, constipação, estados que remetem à depressão, entre tantos outros sintomas.

Por conta disso é importante ficar atento aos sinais clínicos que podem ser indicativos do hipotireoidismo que, atualmente, pode existir em sua forma clínica ou subclínica (esta última ocorre quando os exames começam a apontar uma tendência à falência da tireoide que ainda não se mostra efetivamente produzindo hormônios abaixo dos níveis considerados ideais).

Quando o diagnóstico da queda capilar está somente relacionado à tireoide, o tratamento é feito com a correção da disfunção da mesma e com a ajuda de compostos que estimulem a recuperação dos cabelos perdidos. Normalmente, como a queda capilar tireoidiana leva ao quadro enquanto a disfunção persistir, é comum na medida que se corrija o problema que a normalidade capilar se estabeleça, e a recuperação dos cabelos seja plena, principalmente se o problema tireoidiano for corrigido rapidamente.

É importante dizer que faz-se necessário então, o acompanhamento com o médico que cuidará dos cabelos (dermatologias ou tricologista) em conjunto com o endocrinologista, especialista que tem o conhecimento e a experiência de conduzir o tratamento tireoidiano devolvendo para o(a) paciente a saúde que ele(a), havia perdido por conta do problema tireoidiano.”

Fonte: Blog Tricologia Médica 

10
  • Compartilhe aqui

Posts relacionados

Enviar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *